Dumont Contabilidade, Contabilidade Digital, Contabilidade em Toledo
Blog
Licitação

Licitação e o Tratamento diferenciado a ME e EPP

Introdução

É de tamanha relevância as micro e pequenas empresas no cenário nacional, que o legislador constitucional conferiu um tratamento diferenciado e elas, a fim de garantir a continuidade dos negócios, geração de renda e emprego.

O tratamento diferenciado é disposto no Art. 146, “d” da constituição federal, sendo ele regulamentado pela lei geral das micro e pequenas empresas, Lei Complementar 123/2006.

Art. 146. Cabe à lei complementar:

d) definição de tratamento diferenciado e favorecido para as microempresas e para as empresas de pequeno porte, inclusive regimes especiais ou simplificados no caso do imposto previsto no art. 155, II, das contribuições previstas no art. 195, I e §§ 12 e 13, e da contribuição a que se refere o art. 239.

Definição de Micro e Pequenas Empresas

Para fazer jus ao tratamento diferenciado no processo licitatório, é importante ressaltar que o critério é o enquadramento como ME e EPP, e não o regime tributário diferenciado, Simples Nacional.

Assim sendo, passamos a definição de Micro e Pequena Empresa, conforme o Art. 3º da Lei 123/2006.

Art. 3º Para os efeitos desta Lei Complementar, consideram-se microempresas ou empresas de pequeno porte, a sociedade empresária, a sociedade simples, a empresa individual de responsabilidade limitada e o empresário a que se refere o art. 966 da Lei no 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil), devidamente registrados no Registro de Empresas Mercantis ou no Registro Civil de Pessoas Jurídicas, conforme o caso, desde que:

I – no caso da microempresa, aufira, em cada ano-calendário, receita bruta igual ou inferior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais); e

II – no caso de empresa de pequeno porte, aufira, em cada ano-calendárioreceita bruta superior a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) e igual ou inferior a R$ 4.800.000,00 quatro milhões e oitocentos mil reais).

Diferenciais aplicados as micro e pequenas empresas

Agora que já falamos da definição de Micro e Pequena empresa, vamos falar dos benefícios trazidos pela Lei complementar a essas empresas.

Comprovação da regularidade fiscal.

Quando uma empresa fica ciente do processo licitatório, ela pode não ter tempo hábil a regularizar uma eventual pendência fiscal, o que seria um critério de inabilitação da empresa a participação do certame.

Entretanto, a lei garantiu um tratamento diferenciado nesse aspecto, permitindo que a pessoa jurídica comprove tal regularidade somente após esta ter vencido o processo, começando a partir dai contar o prazo de 5 dias para apresentação da sua regularidade, devendo, entretanto, apresentar as certidões mesmo que constem pendencias.

Lei Complementar 123/2006

Art. 42.  Nas licitações públicas, a comprovação de regularidade fiscal e trabalhista das microempresas e das empresas de pequeno porte somente será exigida para efeito de assinatura do contrato.

Art. 43.  As microempresas e as empresas de pequeno porte, por ocasião da participação em certames licitatórios, deverão apresentar toda a documentação exigida para efeito de comprovação de regularidade fiscal e trabalhista, mesmo que esta apresente alguma restrição. 

§ 1o  Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal e trabalhista, será assegurado o prazo de cinco dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente for declarado vencedor do certame, prorrogável por igual período, a critério da administração pública, para regularização da documentação, para pagamento ou parcelamento do débito e para emissão de eventuais certidões negativas ou positivas com efeito de certidão negativa.

§ 2o  A não-regularização da documentação, no prazo previsto no § 1o deste artigo, implicará decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei no 8.666, de 21 de junho de 1993, sendo facultado à Administração convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para a assinatura do contrato, ou revogar a licitação.

Valor da proposta e desempate.

O poder de barganha de uma ME ou EPP pode ser inferior ao de uma grande empresa, pensando nisso o legislador garantiu a essas empresas que sendo sua proposta superior em até 10% ao de uma grande empresa, será dado a “vitória” a ME ou EPP.

Lei Complementar 123/2006

Art. 44.  Nas licitações será assegurada, como critério de desempate, preferência de contratação para as microempresas e empresas de pequeno porte.

§ 1o  Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 10% (dez por cento) superiores à proposta mais bem classificada.

§ 2o  Na modalidade de pregão, o intervalo percentual estabelecido no § 1o deste artigo será de até 5% (cinco por cento) superior ao melhor preço.

Licitação exclusiva a ME e EPP

Além dos benefícios já mencionados, a administração pública também poderá realizar processos licitatórios destinados exclusivamente as ME e EPP, em certames de valor inferior a R$ 80.000,00, ou ainda, em se tratando de objeto divisível, destinar até 25% da licitação para estas empresas.

Lei Complementar 123/2006

Art. 47.  Nas contratações públicas da administração direta e indireta, autárquica e fundacional, federal, estadual e municipal, deverá ser concedido tratamento diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte objetivando a promoção do desenvolvimento econômico e social no âmbito municipal e regional, a ampliação da eficiência das políticas públicas e o incentivo à inovação tecnológica.

Art. 48.  Para o cumprimento do disposto no art. 47 desta Lei Complementar, a administração pública:

I – deverá realizar processo licitatório destinado exclusivamente à participação de microempresas e empresas de pequeno porte nos itens de contratação cujo valor seja de até R$ 80.000,00 (oitenta mil reais);

III – deverá estabelecer, em certames para aquisição de bens de natureza divisível, cota de até 25% (vinte e cinco por cento) do objeto para a contratação de microempresas e empresas de pequeno porte. 

Tem dúvidas de como abrir sua empresa?

Fale com um Consultor por WhatsApp Agora!

Compartilhe

Assine nossa newsletter

Tem dúvidas de como abrir sua empresa?

Faça uma consultoria Gratuita com nossos especialistas!

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp